O que é o Telegram?

Conheça esse aplicativo que possui muito mais
recursos que o seu rival Whatsapp e como
usamos esta poderosa mídia para comunicação
(desde 2014!)

A Trilhos do Rio está no Telegram

O Telegram é um aplicativo para troca de mensagens, considerado um dos principais concorrentes do WhatsApp. Ele apresenta funções semelhantes às dos demais nomes do gênero, permitindo envio e recebimento de conteúdos em texto, vídeo, áudio e imagem por meio de um pacote de dados ou de uma conexão Wi-Fi. Além disso, o Telegram conta com alguns recursos mais específicos que envolvem a segurança e a privacidade das mensagens. Um deles é a possibilidade de iniciar conversas secretas com qualquer usuário em sua lista de contatos — neste caso, as mensagens de áudio, vídeo, foto ou texto são automaticamente excluídas após um tempo determinado por quem criou o chat.
Muitas das funções incorporadas atualmente no Whatsapp já são usadas pelo Telegram há pelo menos dois anos antes, normalmente (podendo a ter sido implementada até antes). No início o Telegram chegou a ser chamado uma cópia do Whatsapp, mas na cor azul. Alguns recursos eram sofríveis, como o envio de vídeos (que chegou a ser em formato bruto, sem compactação). Entretanto, ao contrário do Whatsapp que possui um código fechado por ser pertencente à gigante empresarial Facebook, o código do Telegram é aberto, ou seja, uma imensa comunidade online ao redor do mundo pode sugerir e implementar novos recursos, ficando a cargo da empresa adotar as novidades conforme as versões forem sendo lançadas.
Isso permitiu uma evolução impressionante, ultrapassando por anos(-luz) o concorrente “verdinho”. Funções como stickers animados e até mesmo os GIFs foram incorporados ao Telegram anos antes do Whatsapp. Mensagens de voz são comuns, e apenas recentemente o Whatsapp abriu margem para a ampliação deste recurso, possibilitando o travamento da gravação e uma maior duração. O Telegram? Não apenas isso, e há muito tempo, mas vai além: conta com o recurso de Mensagem de Vídeo (igual à voz, mas com imagem e leve), algo ainda inédito no Whatsapp.
Em 2015 foi publicada uma lista de funções e atrações disponíveis em ambos os Apps, mais ou menos assim:

Whatsapp

Grupos: até 100 membros
✅ Envio de localização
✅ Envio de imagem
✅ Envio de vídeo
❌ Envio de arquivos em qualquer formato
✅ Ligações telefônicas
❌ Bloqueio nativo com senha
❌ GIFs
❌ Multidispositivos com acesso simultâneo
❌ Editor de imagens nativo
❌ Canais públicos
❌ Chat secreto
❌ BOTs
❌ Velocidade otimizada
❌ Gerenciador de memória utilizada
❌ Nome de usuário
Login por número de telefone
❌ Stickers (figurinhas)
❌ Player interno (Youtube, Vimeo, etc.)
❌ API (código) aberta
❌ Sincronização na nuvem
✅ Status
❌ Versão desktop
✅ Versão mobile
❌ Versão para tablets
✅ Versão Web (depende do celular conectado)

Telegram

Grupos: até 1000 membros
✅ Envio de localização
✅ Envio de imagem
✅ Envio de vídeo
✅ Envio de arquivos em qualquer formato
❌ Ligações telefônicas
✅ Bloqueio nativo com senha
✅ GIFs
✅ Multidispositivos com acesso simultâneo
✅ Editor de imagens nativo
✅ Canais públicos
✅ Chat secreto
✅ BOTs
✅ Velocidade otimizada
✅ Gerenciador de memória utilizada
✅ Nome de usuário
❌ Login por número de telefone
✅ Stickers
✅ Player interno (Youtube, Vimeo, etc.)
✅ API (código) aberta
✅ Sincronização na nuvem
❌ Status
✅ Versão desktop (nem precisa ter smartphone)
✅ Versão mobile
✅ Versão para tablets
✅ Versão Web (nem precisa ter smartphone)

Se em 2015 as diferenças já eram assim tão gritantes, como seria agora? Os rivais se equipararam? Não, ambos buscam melhorar cada vez mais, um mais lentamente mas o outro mantendo o ritmo a passos largos. Rapidez, segurança (mesmo que muitos “especialistas” afirmem que o Telegram é menos seguro, ele conta com vários recursos nesse sentido que o Whatsapp ainda não tem. Senha no aplicativo, biometria, auto-destruição de mensagens e até da própria conta após um tempo, configurável, sem acessa-la, são recursos que fazem muita diferença mesmo não sendo normalmente citados), recursos integrados (BOTs – Robôs que executam funções automatizadas e até interagem com o usuário) e facilidade de uso (assim como o Whatsapp) são importantes diferenciais. Mas só usando para saber exatamente tudo e conhecer os recursos e reconhecer as vantagens de usar o Telegram.

A Trilhos do Rio utiliza a ferramenta desde o ano de 2014, possuindo um grupo e um canal (no Whatsapp chama-se Lista de Transmissão, muito mais limitado em alcance e recursos) e todo o conteúdo publicado no grupo permanece disponível para consulta. Sim, é isso mesmo! E não entope o seu telefone celular, pois os arquivos estão armazenados na nuvem. Você pode apagar tudo do seu celular e visualizar novamente acessando o grupo, está tudo salvo!

Muitas das pesquisas realizadas pela Equipe da Trilhos do Rio foram implementadas e concluídas através do aplicativo. Um bom exemplo é o mapa com todas as ferrovias do Estado do Rio de Janeiro, onde alguns membros, trocando mensagens, imagens e arquivos que o Whatsapp não publicava ou suportava, conseguiu traçar todos os percursos de todas as linhas, algumas bem desconhecidas até hoje, em todo o território do Estado.

Enfim, vale a pena instalar o aplicativo e fazer um teste. Contamos com um BOT especialmente configurado para manter a organização, respeito e a segurança dos membros participantes do nosso grupo. Clique nos links abaixo e venha também para “o lado azul da força”!

CANAL TRILHOS DO RIO – TELEGRAM

GRUPO TRILHOS DO RIO – TELEGRAM

 
Tempo de leitura: < 1 minuto

 110 visualizações no total,  4 visualizações hoje

Comente via Facebook
Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Este conteúdo não pode ser copiado assim. Caso use o arquivo, por favor cite a fonte.