VLTs na Cidade Nova

Fórum onde podemos postar informações sobre material rodante da empresa, como composições e veículos de manutenção ou operacionais.
Avatar do usuário
Luiz Eduardo
Usuário Diamante
Mensagens: 458
Registrado em: 14 Set 2011, 22:28
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por Luiz Eduardo » 16 Nov 2013, 21:16

^^ Acho difícil darem algum parecer até o fim do ano, como acho difícil também darem algum uso aos mesmos. Pelo menos aqui no RJ.

Quanto a utilização no trecho Gov. Portela x Miguel Pereira ou qualquer outro da métrica, acho praticamente impossível, uma vez que teriam que fazer a rebitolagem dos mesmos, pois a bitola deles é de 1600mm. Hoje em dia fica mais fácil comprar novas composições.

Eu penso que os mesmos poderiam ser passados à Supervia e a mesma coloca-los no Bel durante o horario de vale, no Paracambi e até mesmo no Saracuruna, afim de atrair demanda e mante-la com a chegada dos novos trens.
Abraços

Luiz Eduardo
Moderador

Acompanhem nossas expedições pelo meu Blog:
Trilhos e Trilhas Rio de Janeiro

Avatar do usuário
DadoDJ
Administrador
Mensagens: 3404
Registrado em: 12 Set 2011, 21:27
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por DadoDJ » 16 Nov 2013, 21:40

Boa, no Paracambi é interessante!
Trilhos do Rio também está no:
Twitter
Facebook (Perfil)
Instagram
Flickr
Youtube
Acessem já !

Adenilson
Usuário Diamante
Mensagens: 1052
Registrado em: 14 Set 2011, 08:11

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por Adenilson » 21 Nov 2013, 13:28

Valeu pela resposta, Luiz.
Vamos aguardar o destino das composições então!
Há muitos projetos de VLT em outras capitais do Brasil, sobretudo do Nordeste e o governo do estado poderia vender as composições.

Para aplicação no Rio, acho difícil. Poderia ser no ramal de Guapimirim e Vila Inhomirim a partir de Saracuruna, pois as composições que operam hoje lá possuem poucos vagões.
Mas para isso seria necessário o investimento na eletrificação e alargamento da bitola nos trechos por parte da Supervia.

Não havendo a intenção do investimento no alargamento da bitola e sim na eletrificação apenas, poder-se-ia pensar no outrora trecho eletrificado até Barra do Piraí.
Poderiamos ter aí o novo Barrinha.

Não se esqueçam também que estão pensando em revitalizar mediante unidades elétricas, o trecho até Petrópolis e através de VLT.
Não saberia dizer se esses vagões estariam aquém do pretendido em termos de categoria e também se a bitola a ser utilizada seria a larga. okk

Adenilson
Usuário Diamante
Mensagens: 1052
Registrado em: 14 Set 2011, 08:11

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por Adenilson » 21 Nov 2013, 13:31

Só para complementar, vale salientar que esses vagões são muito pequenos, especialmente se comparados aos vagões de trem. A solução seria compensar com o número adicional de vagões.

tche
Usuário Diamante
Mensagens: 282
Registrado em: 27 Abr 2012, 09:28

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por tche » 21 Nov 2013, 17:50

Provavelmente esses VLTs serão utilizados após a conclusão do projeto "Porto Maravilha", pois tem o perfil adequado para as seis linhas previstas, além do que, não se ouve falar de trens para o referido projeto. Com a palavra "Paes, a louca"...

Avatar do usuário
DadoDJ
Administrador
Mensagens: 3404
Registrado em: 12 Set 2011, 21:27
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por DadoDJ » 21 Nov 2013, 18:37

Bem, o desenho e perfil dos trens no vídeo de apresentação do projeto é diferente dos modelos do pré- metrô. Vamos ver ...
Trilhos do Rio também está no:
Twitter
Facebook (Perfil)
Instagram
Flickr
Youtube
Acessem já !

Avatar do usuário
Luiz Eduardo
Usuário Diamante
Mensagens: 458
Registrado em: 14 Set 2011, 22:28
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por Luiz Eduardo » 21 Nov 2013, 21:49

tche escreveu:Provavelmente esses VLTs serão utilizados após a conclusão do projeto "Porto Maravilha", pois tem o perfil adequado para as seis linhas previstas, além do que, não se ouve falar de trens para o referido projeto. Com a palavra "Paes, a louca"...
Não, Tche. Eles não terão essa finalidade. Os vlt's do Porto serão de piso baixo e de perfil totalmente diferente dos antigos TA's.

Sua aplicação hoje é uma incógnita. Dizem que eles consomem muita energia. Mesmo assim, eu não me daria o luxo de simplesmente deixa-los minguar. Arranjaria um destino digno para os mesmos.
Abraços

Luiz Eduardo
Moderador

Acompanhem nossas expedições pelo meu Blog:
Trilhos e Trilhas Rio de Janeiro

Adenilson
Usuário Diamante
Mensagens: 1052
Registrado em: 14 Set 2011, 08:11

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por Adenilson » 22 Nov 2013, 07:23

Tchê e Dado.

Não é somente a questão do projeto mostrar trens diferentes.
Acho que a adaptação sairia muito mais cara que coprar composições novas, pelo seguinte:

Andei lendo, mas não sei se isso vai se concretizar; até porquê estamos em um país onde as coisas mudam em um piscar de olhos; que o sistema de VLT a ser utilizado no Centro terá um sistema novo de alimentação de energia.

Para evitar a "poluição visual" de redes aéreas e ao mesmo tempo evitar os trilhos energizados do metrô, as estações servirão como geradores e carregadores de energia elétrica. A cada parada, o bonde será abastecido de energia elétrica e irá consumi-la (imagino que parcialmente) até chegar em uma nova parada, onde será reabastecido o que foi gasto no trajeto.

Foi o que li. Adaptar as "antigas" composições do pré-metrô para esse sistema com certeza, sairia muito mais caro que comprar originais novas e já construídas com essa finalidade. okk

Avatar do usuário
Luiz Eduardo
Usuário Diamante
Mensagens: 458
Registrado em: 14 Set 2011, 22:28
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: VLTs na Cidade Nova

Mensagem por Luiz Eduardo » 22 Nov 2013, 21:42

^^ Adenílson, isso também é especulação. Eles estão empurrando tudo com a barriga e daqui a pouco não teremos nada. Ou teremos alguma gambiarra.
Abraços

Luiz Eduardo
Moderador

Acompanhem nossas expedições pelo meu Blog:
Trilhos e Trilhas Rio de Janeiro

Responder

Voltar para “Material Rodante”